Apresentação

A Itaipu, uma das sete maravilhas da engenharia, fruto do trabalho coordenado entre Brasil e Paraguai, a maior geradora de energia limpa e renovável do mundo, um marco internacional na arquitetura diplomática há quase 50 anos produz energia vital para o desenvolvimento socioeconômico dos dois países.

A conservação dos ecossistemas, a restauração florestal, o manejo do solo, a contribuição para segurança hídrica, e o emprego dos princípios de desenvolvimento sustentável, lastrados em uma ampla rede de educação ambiental, motiva e mobiliza a conservação de todos os ecossistemas que integram a área de influência de Itaipu. Nesse contexto, as áreas protegidas da Itaipu foram reconhecidas pela UNESCO em 2019, como área núcleo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Preservar a natureza, reintroduzir animais para restabelecer o ciclo da natureza, recuperar nascentes e matas ciliares, reflorestar mais de 34 mil hectares com o plantio de 24 milhões de mudas de árvores nativas que formam um grande corredor de biodiversidade, servindo de modelo para o setor hidrelétrico mundial e prestando serviços ecossistêmicos relevantes.

Hoje Itaipu tem talvez, o único Plano Diretor Binacional de Gestão Ambiental do mundo, com zoneamentos e normas específicos para garantir os usos múltiplos do seu reservatório, de forma sustentável.

Itaipu vai além, com atuação direta na gestão territorial em 54 municípios onde a Gestão Por Bacias Hidrográficas contempla as melhores práticas de conservação e manejo do solo integrado às áreas de reserva e preservação. Por fim, o uso de geotecnologias e inteligência artificial servem de substrato consistente para garantir, validar e valorar os serviços ecossistêmicos. O emprego dos princípios da sustentabilidade faz parte do negócio da Itaipu.

A Itaipu, por meio de seu modelo de gestão territorial para a segurança hídrica e do Programa Itaipu Biosfera, que inclui diversas ações socioambientais, contribui significativamente para que a região seja atrativa para investimentos públicos e privados, tenha um elevado interesse turístico e seja reconhecida por oferecer produtos e serviços que promovem a conservação da natureza.

Na busca por indicadores ambientais capazes de orientar as ações e investimentos, a criação do NIT (Núcleo de Inteligência Territorial) em parceria com a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI) é uma ação dessa natureza. O NIT objetiva a centralização do conhecimento, é um espaço técnico-científico formado por colaboradores da Itaipu, FPTI, pesquisadores de instituições acadêmicas externas, organizado de forma a desenvolver pesquisas aplicadas ao planejamento e prospecção territorial, com foco na Segurança Hídrica, Energética e Desenvolvimento Regional Sustentável, contribuindo com os indicadores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Por meio da parceria com a FPTI, Agencia Brasileira de Desenvolvimento Industrial e Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, a Itaipu também viabilizou o Programa Vila A Inteligente, cujo foco é desenvolver e fortalecer a importância da temática Smartcities.

É um ambiente de testes e validação de tecnologias, além de uma vitrine mundial para a difusão das soluções implementadas. A implantação do programa trouxe para a cidade de Foz do Iguaçu o reconhecimento de abrigar o primeiro bairro público inteligente do Brasil ou o primeiro bairro Sandbox do Brasil.

O conceito 5.0

A Sociedade 5.0 é o novo modelo de arranjo social que substituirá a Sociedade da Informação (4.0). A ideia trazida por pensadores japoneses é aliar governo, indústria, a academia e a sociedade para formar uma geração de pessoas que possa enfrentar os problemas cotidianos de uma forma mais feliz e eficaz. As tecnologias não devem surgir sem um propósito direto, mas criadas de forma a gerar proveitos e valores para os seres humanos e o meio ambiente.

Para se tornar efetiva, as próximas gerações 5.0 precisam aprender a se conectar com a natureza, usar as tecnologias para gerar vivências, conexões e felicidade em diversas condições e estilos de vida. Além disso, deve-se buscar estimular a criatividade e o desenvolvimento tecnológico, de forma a potencializar as vivências e conexões, gerando valores para a sociedade.

Neste contexto, o Ecoparque irá oferecer um espaço para que diversos atores e parceiros busquem soluções criativas, eficientes, rápidas e sustentáveis. É preciso atender às necessidades dos diversos usuários e considerar os desafios da gestão do parque, incluindo tecnologias digitais e as soluções baseadas na natureza (SBN).

As proposições arquitetônicas devem estar preparadas para conter e/ou receber as tecnologias, sejam elas digitais ou soluções baseadas na natureza, de forma que o Ecoparque possa se tornar um laboratório de soluções 5.0.

O ciclismo, prática amplamente difundida como aliada da qualidade de vida, bem-estar dos cidadãos e mobilidade urbana, também está presente nas ações de Itaipu para a sustentabilidade. A empresa já viabilizou a construção de duas ciclovias em Foz do Iguaçu, que somam 10km, outra com 14km de extensão no município de Santa Terezinha de Itaipu, e uma grande ciclovia com 160km às margens do Parque Nacional do Iguaçu, entre Cascavel e Foz do Iguaçu.

As ciclovias viabilizadas por Itaipu, através de parcerias com os municípios contribuem para fomentar o cicloturismo na região, além de estímulo ao ecoturismo, à gastronomia regional e à proteção do meio ambiente. Neste contexto, os mais de 3km de ciclovia a serem implantados no EcoParque Itaipu vem se somar a este esforço, consolidando a cidade de Foz do Iguaçu como um importante hub de rotas ciclísticas no Brasil.

A adoção da modalidade de Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo, para a aquisição dos projetos para a implantação do EcoParque Itaipu, além de uma inovação para a empresa na forma de contratar, demonstra ainda a valorização do critério de qualidade para a aplicação dos recursos financeiros destinados à iniciativa.

Por fim, com esta importante iniciativa, a Itaipu Binacional contribuirá para a conservação de uma das áreas verdes mais relevantes de Foz do Iguaçu, associada a utilização pública e sustentável, a Itaipu contribui mais uma vez para a criação de um parque urbano, dentro de um contexto que servirá de modelo para o Brasil.

Foz do Iguaçu, 10 de novembro de 2022.
Itaipu Binacional

Cronograma

1ª Etapa
19.12.2022
Lançamento do Edital do Concurso
10.01 a 27.02.2023
Inscrições
10.01 a 27.02.2023
Consultas
10.01 a 27.02.2023
Respostas às consultas
10.01 a 27.02.2023
Envio da documentação de habilitação
10.01 a 27.02.2023
Desenvolvimento do Concurso
10.01 a 27.02.2023
Habilitação dos participantes
10.01 a 27.02.2023
Comunicados sobre a habilitação
11.01 a 18.01.2023
Recursos ao Edital
30.01 a 14.04.2023
Disponibilização para consulta das Respostas aos recursos ao Edital
até 06.02.2023
Publicação do Edital Definitivo (no caso de deferimento de recurso)
10.02.2023
Visita monitorada
27.02 a 03.03.2023
Razões recursais – Habilitação
28.02 a 07.03.2023
Envio do Estudo Preliminar
06.03.2023
Comunicados sobre as razões recursais
07.03 a 10.03.2023
Julgamento da Primeira Etapa
10.03.2023
Divulgação do resultado da Primeira Etapa
2ª Etapa
10.03 a 31.03.2023
Desenvolvimento da Segunda Etapa
10.03 a 31.03.2023
Recebimento Anteprojeto da Segunda Etapa
03.04 a 05.04.2023
Julgamento da Segunda Etapa
06.04.2023
Divulgação do resultado
06.04 a 12.04.2023
Razões recursais
13.04.2023
Julgamento recursos
14.04.2023
Ato de Premiação

Premiação

1º Lugar

R$ 60.000,00
+ certificado de participação
+ divulgação pública
2º  Lugar

R$ 40.000,00

+ certificado de participação
+ divulgação pública
3º  Lugar

R$ 20.000,00

+ certificado de participação
+ divulgação pública

Menções Honrosas

+ certificado de participação
+ divulgação pública

Bases do Concurso

00

Indice

1

Apresentação

2.1

A gestão das áreas naturais protegidas urbanas

2.2

Parâmetros de sustentabilidade para o projeto

2.3

Adequação da Trilha do Vietnã e implantação de Bikepark

2.4

Espaço de Acomodação Sensorial

2.5

Exemplos - Espaço de Acomodação Sensorial

2.6

Espaço para Trilha Cardio, Idoso e PCD

3.1

ANEXO V - Parques do Brasil

4.1

ANEXO I - EDITAL E REGULAMENTO

4.2

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA:

4.3

ANEXO III - CRONOGRAMA / PRAZOS

4.4

ANEXO IV – COMISSÃO JULGADORA e CONSULTORIAS

4.5

ANEXO V - Declaração de San Marino para arquitetura sustentável e inclusiva

4.6

Levantamento palinialtimétrico

4.7

Inserção novos trechos trilhas e equipamentos.

4.8

Levantamento fotográfico e de vídeos

4.9a

Levantamento fotográfico do entorno

4.9b

Levantamento fotográfico do entorno

4.10

Imagem 3D do lote do EcoParque 5.0

4.11

MODELO DE PRANCHA

4.12

MINUTA DO CONTRATO

4.13

MODELOS DE DECLARAÇÕES

4.14

Termo de Referencia Minuta Contrato

4.15

Termo de Seção de Direitos Autorais

4.16

Consulta para uso e ocupação do solo - Guia Amarela

Vídeo

Apresentação do Concurso

Vídeo

Lançamento do Concurso

Vídeo

A trilha do Vietnã

4.2a

Atualização tabelas 4.2

Comissão Julgadora e Consultores

Titulares

Alessandro Fillla RosaneliAlessandro Fillla Rosaneli
Arquiteto e Urbanista
Ariel Scheffer da SilvaAriel Scheffer da Silva
Biólogo
Henrique Gazzola de LimaHenrique Gazzola de Lima
Arquiteto e Urbanista
Mirna Cortopassi LoboMirna Cortopassi Lobo
Arquiteto e Urbanista
Orlando BusarelloOrlando Busarello
Arquiteto Paisagista

Suplentes

Aristides Athayde BisnetoAristides Athayde Bisneto
Consultor Internacional
Eloy Fassi Casagrande JrEloy Fassi Casagrande Jr
Inovação Tecnológica e Sustentabilidade
Miguel von BehrMiguel von Behr
Arquiteto e Urbanista (Consultor)
Olívia IsferOlívia Isfer
Bióloga (Consultora)

Consultas

BLOCO 07

Respostas às consultas

28/01/2023

BLOCO 06

(Respostas às consultas)

20/01/2023

BLOCO 05

Respostas às consultas

16/01/2023

BLOCO 04

Respostas às consultas

13/01/2023

BLOCO 03

Respostas às consultas

10/01/2023

BLOCO 02

Respostas às consultas

09/01/2023

BLOCO 01

Respostas às consultas

03/01/2023


Envie sua consulta

Preencha o campo abaixo com sua dúvida e em seguida clique em Enviar Consulta

Informes

Inscrições

Inscrições de 10.01 até 27.02.2023

Inscreva-se aqui